Você está aqui: Página Inicial > Estude no IFAM > Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes

por Coordenação Geral de Processos Seletivos publicado 25/04/2019 10h44, última modificação 03/05/2019 11h12
Basta clicar nas perguntas para tirar suas dúvidas.

 

 

DÚVIDAS GERAIS
DURANTE O PROCESSO SELETIVO
APÓS A CLASSIFICAÇÃO
APÓS A MATRÍCULA
LEIS E DOCUMENTOS NORMATIVOS

 

 


DÚVIDAS GERAIS

  1. Os cursos no IFAM são gratuitos?
  2. O IFAM realiza a certificação pelo ENCCEJA?
  3. Como faço para estudar no IFAM?
  4. Quais são as formas e modalidades dos Cursos Técnicos de Nível Médio?
  5. Como funcionam os Processos Seletivos para ingresso no IFAM em Cursos Técnicos de Nível Médio nas Formas Integrada, Concomitante ou na Modalidade EJA?
  6. Como funcionam os Processos Seletivos para ingresso no IFAM em Cursos Técnicos de Nível Médio na Forma Subsequente ou Especialização Técnica de Nível Médio?
  7. Como funcionam os Processos Seletivos para ingresso no IFAM em Cursos de Graduação?
  8. Como faço para me inscrever no processo seletivo?
  9. Tem taxa de inscrição para os processos seletivos do IFAM?
  10. Tenho ensino fundamental completo. Quais são minhas opções no IFAM?
  11. Tenho 18 anos ou mais de idade e gostaria de fazer o Ensino Médio Técnico. O IFAM oferta cursos para jovens e adultos?
  12. Já tenho ensino médio completo. Quais tipos de cursos posso fazer no IFAM?
  13. Já tenho graduação. Quais são minhas opções no IFAM?
  14. Estou matriculado em Curso de Graduação em outra Instituição de Ensino (particular ou pública). Tem como fazer transferência para o IFAM?
  15. Como consigo ter acesso aos Cursos de nível médio técnico ofertados pelo IFAM?
  16. Onde posso acessar os editais e chamadas dos Processos Seletivos do IFAM?
  17. Já estou cursando o primeiro ano do ensino médio, mas gostaria de estudar no IFAM. É possível?
  18. O IFAM oferta Cursos a Distância?
  19. O IFAM oferta cursos de idiomas?

 VOLTAR AO TOPO

DURANTE O PROCESSO SELETIVO

  1. Estudei em escola particular em algum momento do ensino fundamental ou médio. Em qual grupo de vagas devo me inscrever?
  2. Quero concorrer a uma vaga para a Forma Integrada, Forma Concomitante ou Modalidade EJA. Estudei em escola particular durante pouco tempo no ensino fundamental. Posso concorrer a uma vaga para Egressos de Escola Pública?
  3. Quero concorrer a uma vaga para a Forma Subsequente, Especialização Técnica ou Graduação. Estudei em escola particular durante pouco tempo no ensino médio. Posso concorrer a uma vaga para Egressos de Escola Pública?
  4. Gostaria de confirmar minha Renda Familiar Bruta per capita. Como calcular?
  5. Quem pode se inscrever como Pessoa com Deficiência nos Editais de ingresso do IFAM?
  6. Na inscrição, me autodeclarei Pessoa com Deficiência. Precisarei comprovar algo?
  7. Na inscrição, selecionei a cota para Indígenas. Como proceder caso eu seja convocado?
  8. Na inscrição, selecionei a cota para Pretos ou Pardos. Caso eu seja convocado, o que acontecerá?
  9. Minhas notas não são do padrão de 0,0 a 10,0. Como me inscrever?
  10. Possuo média de uma ou mais disciplinas apenas em 1(um) dos anos que o IFAM requer para inscrição. O que fazer?
  11. Uma ou mais disciplinas obrigatórias para Inscrição no IFAM foi ofertada apenas no último ano do meu ensino fundamental ou médio. Como fazer minha inscrição?
  12. Concluí meu ensino fundamental pelo AVANÇAR. Como me inscrever?
  13. Concluí meu ensino fundamental e/ou médio em supletivo/EJA/ENEM/ENCCEJA. Então só tenho uma média por disciplina. Como inserir minhas médias no ato da inscrição?
  14. No processo seletivo, me inscrevi em um grupo de cotas. Poderei concorrer também na Ampla Concorrência?
  15. Fiz minha inscrição para cotas, mas não quero mais. Posso trocar de grupo de vagas?
  16. Inseri no Formulário de Inscrição meu nome completo, mas no resultado final apareceu outro nome. O que pode ter acontecido?
  17. Como o sistema do IFAM calcula a Nota Final nos processos seletivos para a forma integrada ou modalidade EJA?
  18. Como o sistema do IFAM calcula a Nota Final nos processos seletivos para a forma subsequente?
  19. Como o sistema do IFAM calcula a Nota Final do ENEM?

  VOLTAR AO TOPO

APÓS A CLASSIFICAÇÃO

  1. Qual documentação é necessária para a matrícula?
  2. Sou menor de idade. Posso fazer minha matrícula sozinho?
  3. Outra pessoa pode fazer a matrícula por mim?
  4. Perdi o prazo de matrículas determinado na Chamada. Ainda poderei fazê-la?
  5. Estou na Lista de Espera. Há chances de eu ser chamado?
  6. Fui convocado para aferição de autodeclaração, mas não compareci dentro do prazo estabelecido. Perdi minha vaga?
  7. Fiz minha matrícula no IFAM, mas não poderei continuar no Instituto. O que fazer?
  8. Posso fazer mais de um curso no IFAM?

 VOLTAR AO TOPO

APÓS A MATRÍCULA

  1. Se eu faltar nos 10 (dez) primeiros dias de aula sem justificativa, o que acontecerá?
  2. Alunos do IFAM têm oportunidades internacionais?
  3. Eu estudo em Instituto Federal de outro estado, mas precisarei me mudar para o Amazonas. Posso transferir minha matrícula?
  4. Existe algum auxílio referente à transporte, alimentação ou moradia para estudantes do IFAM?
  5. Como fazer meu cadastro na Biblioteca?

 VOLTAR AO TOPO

LEIS E DOCUMENTOS NORMATIVOS

  1. Acesse a Organização Didático-Acadêmica do IFAM
  2. Acesse outros documentos do IFAM
  3. Acesse os Catálogos de Cursos Técnicos e Tecnológicos
  4. Acesse as Leis e Portarias norteadores das Reservas de Vagas (Cotas)



RESPOSTAS

DÚVIDAS GERAIS
Os cursos no IFAM são gratuitos?
Sim.
Todos os nossos Cursos de Nível Médio, Graduação e Pós-Graduação Lato e Stricto Sensu são gratuitos.
 
O IFAM realiza a certificação pelo ENCCEJA?
Sim.
Mais informações em: http://www2.ifam.edu.br/certificacao-encceja
 
Como faço para estudar no IFAM?
Processos Seletivos Públicos Classificatórios;
Apresentação de Transferência Expedida por  outro campus do IFAM ou Instituição de Ensino correlatas no âmbito de curso idêntico ou equivalente, com aceitação facultativa ou obrigatória (ex officio);
Transferência Facultativa, no âmbito da graduação, a partir do 2° período de estudo do discente, desde que entre áreas afins, após aprovação em processo seletivo com edital próprio;
Portadores de diploma do curso de graduação reconhecido pelo MEC que desejam realizar outro curso em áreas afim no IFAM, após aprovação em processo seletivo com edital próprio.
 
Quais são as formas e modalidades dos Cursos Técnicos de Nível Médio?
 FORMA INTEGRADA é para menores de 18 anos que concluíram o ensino fundamental e desejam cursar o ensino médio técnico. Geralmente diurno, com duração de 3 anos.
- A seleção e classificação considerarão as médias finais de Português, Matemática e Ciências do 7° e 8° anos do Ensino Fundamental.
 
A FORMA SUBSEQUENTE é para aqueles que já concluíram o ensino médio regular, independentemente da idade, e desejam complementar seus estudos com um curso técnico de nível médio. Sua duração varia entre 3 e 4 semestres e geralmente ocorre em apenas um turno.
- A seleção e classificação considerarão as médias finais de Português, Matemática, Biologia, Física e Química do 1° e 2° anos do Ensino Médio.
 
FORMA CONCOMITANTE é para aqueles que estão cursando o Ensino Médio regular em outra Instituição de Ensino e desejam fazer um Curso Técnico de Nível Médio no IFAM simultaneamente.
Em outras palavras, o discente continuaria o Ensino Médio regular na Instituição que já estudava faria o Curso Técnico no IFAM no contraturno.
- A seleção e classificação considerarão as médias finais de Português, Matemática e Ciências do 7° e 8° ano do Ensino Fundamental.
 
MODALIDADE EJA é para maiores de 18 anos de idade que desejam cursar o Ensino Médio Técnico. A forma pode ser integrada, subsequente ou concomitante. Geralmente ocorre no turno noturno.
- As médias finais consideradas para seleção e classificação dependerão da forma do curso (integrada, subsequente ou concomitante).
 
ESPECIALIZAÇÃO TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO é para aqueles que já concluíram o Ensino Médio Técnico e gostariam de se especializar a nível médio. O candidato precisa possuir o Certificado de Conclusão de Curso Técnico de Nível Médio no mesmo Eixo Tecnológico do curso de Especialização Técnica.
- A seleção e classificação considerarão as médias finais de Português, Matemática, Biologia, Física e Química do 1° e 2° anos do Ensino Médio Técnico.
 
Como funcionam os Processos Seletivos para ingresso no IFAM em Cursos Técnicos de Nível Médio nas Formas Integrada, Concomitante ou na Modalidade EJA?
Análise de médias do ensino fundamental: Para seleção e classificação, utilizam-se as médias do 7º e 8º anos do ensino fundamental em Português, Matemática e Ciências. Na inscrição, o candidato insere suas médias individuais. O próprio sistema realiza o cálculo para gerar a Nota Final. A seleção e classificação se dão pelo ordenamento decrescente da Nota Final.
Prova: Essa forma de ingresso é mais frequente para ingresso em Cursos de Educação Indígena ou de Campo. Por exemplo, o Processo Seletivo Diferenciado do campus São Gabriel da Cachoeira conta com prova de redação e de matemática.
 
Como funcionam os Processos Seletivos para ingresso no IFAM em Cursos Técnicos de Nível Médio na Forma Subsequente ou Especialização Técnica de Nível Médio?
Análise de médias do ensino médio: Para seleção e classificação, utilizam-se as médias do 1º e 2º anos do ensino médio em Português, Matemática, Física, Química e Biologia. Na inscrição, o candidato insere suas médias individuais. O próprio sistema realiza o cálculo para gerar a Nota Final. A seleção e classificação se dão pelo ordenamento decrescente da Nota Final.
Prova: Essa forma de ingresso é mais frequente para ingresso em Cursos de Educação Indígena ou de Campo. Por exemplo, o Processo Seletivo Diferenciado do campus São Gabriel da Cachoeira conta com prova de redação e de matemática.
 
Como funcionam os Processos Seletivos para ingresso no IFAM em Cursos de Graduação?
Inscrições via SISU com nota do ENEM; ou
Análise de médias do ensino médio: Para seleção e classificação, utilizam-se as médias do 1º e 2º anos do ensino médio em Português, Matemática, Física, Química e Biologia. Na inscrição, o candidato insere suas médias individuais. O próprio sistema realiza o cálculo para gerar a Nota Final. A seleção e classificação se dão pelo ordenamento decrescente da Nota Final; ou
Análise de Nota no ENEM: Para seleção e classificação, utiliza-se a Média do candidato no ENEM. Na inscrição, o candidato insere suas notas individuais. O próprio sistema realiza o cálculo para gerar a Média do ENEM. A seleção e classificação se dão pelo ordenamento decrescente da Média do ENEM; ou
Análise de Coeficiente de Rendimento Acumulado em processos seletivos para Reopção de Cursos, Portadores de Diploma e Transferência Facultativa. A seleção e classificação se dão pelo ordenamento decrescente do Coeficiente de Rendimento Acumulado.
 
Como faço para me inscrever no processo seletivo?
Os editais publicados pelo IFAM descrevem os procedimentos para inscrições.
As presenciais são geralmente realizadas no protocolo dos campi ou da reitoria.
Já as inscrições online são realizadas em nossa plataforma de inscrições: http://aguia.ifam.edu.br/
Acompanhe as publicações na página do Processo Seletivo do IFAM: http://www2.ifam.edu.br/estudenoifam
 
Tem taxa de inscrição para os processos seletivos do IFAM?
Não. Não há cobrança de taxa de inscrição em nossos processos seletivos.
 
Tenho ensino fundamental completo. Quais são minhas opções no IFAM?
Cursos Técnicos de Nível Médio na Forma Integrada;
Cursos Técnicos de Nível Médio na Forma Integrada na Modalidade EJA.
 
Você pode fazer um Curso Técnico de Nível Médio no IFAM, com duração de 3 anos. Nossos cursos oferecem as disciplinas do ensino médio regular e disciplinas específicas para formação técnica.
Se você é menor de 18 anos de idade, poderá concorrer a uma vaga nos cursos da Forma Integrada. Eles são geralmente diurnos (manhã e tarde).
Se você tem 18 anos ou mais de idade, poderá concorrer a uma vaga nos cursos da Forma Integrada na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Eles são geralmente noturnos.
Nossos cursos de nível médio certificam seus egressos como Técnicos de Nível Médio.
 
Tenho 18 anos ou mais de idade e gostaria de fazer o Ensino Médio Técnico. O IFAM oferta cursos para jovens e adultos?
Sim. O IFAM oferta diversos cursos técnicos de nível médio para jovens e adultos. Eles são geralmente ofertados apenas em um turno, mais frequentemente no turno noturno.
 
 
Já tenho ensino médio completo. Quais tipos de cursos posso fazer no IFAM?
Cursos Técnicos de Nível Médio na Forma Subsequente;
Cursos de Graduação.
 
Você pode fazer um Curso Técnicos de Nível Médio na Forma Subsequente, com duração entre 3 e 4 semestres. Em união com o ensino médio regular, este curso certifica seus discentes como Técnicos de Nível Médio.
Outra opção é a graduação. O IFAM oferta diversos cursos de graduação nos graus de Licenciatura, Bacharelado e Tecnologia. A oferta é principalmente por meio do SISU, porém também pode haver editais próprios.
Se você já possui ensino médio técnico completo, poderá concorrer a uma vaga para nossos Cursos de Especialização Técnica de Nível Médio quando houver.
 
Já tenho graduação. Quais são minhas opções no IFAM?
Graduação - Portador de Diploma;
Graduação - ingresso pelo SISU ou editais próprios;
Pós-Graduação Lato Sensu;
Mestrado.
 
Você pode concorrer a uma vaga no Processo Seletivo para Portadores de Diplomas. O IFAM só oferta vagas para Portadores de Diplomas se houver vagas não preenchidas nos seus cursos. Essa seleção considera o Coeficiente de Rendimento dos candidato e ocorre entre junho e julho, e seus aprovados já iniciam as aulas no segundo semestre.
 
Outra forma de ingressar em nossos cursos de graduação é por meio do SISU ou de Editais próprios, cuja seleção e classificação poderão ser por notas do ENEM ou por notas no Ensino Médio.
 
Os graduados podem ainda realizar Cursos de Pós-Graduação no IFAM. Para maiores informações, acesse: http://www2.ifam.edu.br/pro-reitorias/pesquisa-e-inovacao/ppgi/dpg/cursos-ofertados
 
Estou matriculado em Curso de Graduação em outra Instituição de Ensino (particular ou pública). Tem como fazer transferência para o IFAM?
Sim.
Você poderá concorrer a uma vaga no Processo Seletivo para Transferência Facultativa. O IFAM só oferta vagas para Transferência se houver vagas não preenchidas nos cursos. Essa seleção considera o Coeficiente de Rendimento e ocorre entre junho e julho, e seus aprovados já iniciam as aulas no segundo semestre.
 
Como consigo ter acesso aos Cursos de nível médio técnico ofertados pelo IFAM?
campus Manaus Centro: http://www2.ifam.edu.br/campus/cmc/cursos/tecnico
campus Manaus Zona Leste: http://www2.ifam.edu.br/campus/cmzl/ensino/cursos
campus São Gabriel da Cachoeira: http://www2.ifam.edu.br/campus/sao_gabriel_da_cachoeira/ensino/cursos
campus Distrito Industrial: solicitar por meio do e-mail diren_cmdi@ifam.edu.br
campus Coari: http://www2.ifam.edu.br/campus/coari/ensino/cursos
campus Lábrea: http://www2.ifam.edu.br/campus/labrea/ensino/tec
campus Maués: http://www2.ifam.edu.br/campus/maues/instituicao/copy_of_departamentos
campus Parintins: http://www2.ifam.edu.br/campus/parintins/ensino/cursos
campus Tabatinga: http://www2.ifam.edu.br/campus/tabatinga/depe/coordenacao-geral-de-ensino
campus Presidente Figueiredo: http://www2.ifam.edu.br/campus/cprf/ensino/subpaginas/projetos-pedagogicos-dos-cursos
campus Itacoatiara: http://www2.ifam.edu.br/campus/itacoatiara/ensino/cursos
campus Humaitá: http://www2.ifam.edu.br/campus/humaita/epe/ensino
campus Avançado Manacapuru: http://www2.ifam.edu.br/campus/manacapuru/ensino/modalidades-de-cursos
campus Eirunepé: http://www2.ifam.edu.br/campus/eirunepe/ensino/cursos
campus Tefé: solicitar por meio do e-mail dape.tefe@ifam.edu.br
 
 Onde posso acessar os editais e chamadas dos Processos Seletivos do IFAM?
http://www2.ifam.edu.br/estudenoifam
 
 
Já estou cursando o primeiro ano do ensino médio, mas gostaria de estudar no IFAM. É possível?
Sim.
Mas caso você seja aprovado, deverá cursar novamente o primeiro ano, pois a modalidade ofertada é integrada. Isso quer dizer que o ensino médio e o técnico têm que acontecer ao mesmo tempo.
 
O IFAM oferta Cursos a Distância?
Sim.
O IFAM oferta Cursos Técnicos de Nível Médio, Cursos de Graduação, de Pós-Graduação lato sensu e de Formação Pedagógica a Distância.
Mais informações em:
http://ead2.ifam.edu.br/cursos
(92) 3306-0051 e 3306-0052
 
O IFAM oferta cursos de idiomas?
Sim.
Para estudar em nossos cursos de idiomas, os interessados pagam mensalidade e podem estudar durante a semana ou aos sábados conforme oferta de cada Centro de Idiomas.
Para mais informações:
campus Manaus Distrito Industrial: ifamidiomas@hotmail.com    /   facebook.com/IFAMIdiomas
campus Manaus Centro: http://www2.ifam.edu.br/campus/cmc/extensao/centro-de-idiomas
campus Manaus Zona Leste: solicitar informações – 3212-7777 (CMZL) / 3306-0033 (PROEX)
campus Itacoatiara: 99177-6322 / 99184-9666 / 98433-4483 (whatsapp) / idiomas.cita@ifam.edu.br   /    https://www.facebook.com/IFAMIDIOMASITACOATIARA/
DURANTE O PROCESSO SELETIVO

Estudei em escola particular em algum momento do ensino fundamental ou médio. Em qual grupo de vagas devo me inscrever?
Na Ampla Concorrência.
 
Quero concorrer a uma vaga para a Forma Integrada, Forma Concomitante ou Modalidade EJA. Estudei em escola particular durante pouco tempo no ensino fundamental. Posso concorrer a uma vaga para Egressos de Escola Pública?
Não.
Poderá concorrer a uma vaga para Egressos de Escola Pública apenas aqueles que estudaram o ensino fundamental COMPLETO em escola pública.
 
Quero concorrer a uma vaga para a Forma Subsequente, Especialização Técnica ou Graduação. Estudei em escola particular durante pouco tempo no ensino médio. Posso concorrer a uma vaga para Egressos de Escola Pública?
Não.
Poderá concorrer a uma vaga para Egressos de Escola Pública apenas aqueles que estudaram o ensino médio COMPLETO em escola pública.
 
Gostaria de confirmar minha Renda Familiar Bruta per capita. Como calcular?
A RENDA FAMILIAR BRUTA PER CAPITA é a razão entre a renda familiar bruta mensal e o total de pessoas da família, calculada na forma do art. 7º da Portaria Normativa nº 18, de 11 de outubro de 2012 do Ministério da Educação:
 
I – calcula-se a soma dos rendimentos brutos auferidos por todas as pessoas da família, a que pertence o estudante e que residam com ele, levando-se em conta, no mínimo, os três meses anteriores à data de inscrição do estudante neste processo seletivo;
II – calcula-se a média mensal dos rendimentos brutos apurados após aplicação do disposto no inciso I; e
III – divide-se o valor apurado após a aplicação do disposto no inciso II pelo número de pessoas da família do estudante que residam com ele.
 
Quem pode se inscrever como Pessoa com Deficiência nos Editais de ingresso do IFAM?
Pessoas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdades de condições com as demais pessoas, nos termos dos artigos 3º e 4º do Decreto nº 3.298/99, da Súmula nº 377 do Superior Tribunal de Justiça (STJ), da Lei 12.764/2012 e da Lei nº 13.146/2015.
 
Na inscrição, me autodeclarei Pessoa com Deficiência. Precisarei comprovar algo?
Sim.
Será necessária a apresentação de Laudo Médico atestando a espécie e o grau da deficiência, nos termos do art. 4° do Decreto N° 3.298/1999, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID) e/ou da Classificação Internacional de Funcionalidade (CIF).
 
Na inscrição, selecionei a cota para Indígenas. Como proceder caso eu seja convocado?
Os candidatos indígenas que se autodeclararam pretos, pardos ou indígenas (PPI) deverão apresentar o Registro Administrativo de Nascimento de Indígena (RANI) ou a Declaração de Pertencimento Étnico assinada pela Liderança Indígena Local.
 
Na inscrição, selecionei a cota para Pretos ou Pardos. Caso eu seja convocado, o que acontecerá?
Candidatos que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas (PPI) passarão por uma entrevista. A veracidade da autodeclaração será verificada considerando tão somente os aspectos fenotípicos do candidato, conforme entendimento do Supremo Tribunal Federal, da Orientação Normativa Nº 3/2016 e da Portaria Normativa N° 4, de 6 de abril de 2018, ambas do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.
 
Minhas notas não são do padrão de 0,0 a 10,0. Como me inscrever?
Basta verificar a equivalência de suas notas na Tabela de Equivalência de Conceitos e Notas nos Anexos do Edital.
Acesse a Tabela AQUI
 
Possuo média de uma ou mais disciplinas apenas em 1(um) dos anos que o IFAM requer para inscrição. O que fazer?
Os candidatos que cursaram o Ensino Fundamental em Instituições de ensino que não ofertaram uma ou mais das disciplinas requeridas (Língua Portuguesa, Matemática e Ciências) neste edital no 7° (sétimo) ou 8° (oitavo) ano do Ensino Fundamental deverão repetir a média existente sem prejuízo algum no processo de seleção.
 
Uma ou mais disciplinas obrigatórias para Inscrição no IFAM foi ofertada apenas no último ano do meu ensino fundamental ou médio. Como fazer minha inscrição?
Em caso de uma ou mais das disciplinas requeridas neste Processo Seletivo (Língua Portuguesa, Matemática e Ciências) ter sido ofertada pela instituição de ensino apenas no 9° (nono) ano do Ensino Fundamental, o candidato poderá, apenas neste caso, utilizar a média do nono ano do Ensino Fundamental, repetindo-as no sistema
  
Concluí meu ensino fundamental pelo AVANÇAR. Como me inscrever?

Avançar 7°, 8° e 9° anos do ensino fundamental

O candidato deverá comparecer à secretaria da escola e solicitar suas MÉDIAS PARCIAIS.

REPETIR as médias no formulário de inscrição sem qualquer prejuízo no processo de seleção.

Avançar 8° e 9° anos do ensino fundamental

Inserir no Formulário de Inscrição suas médias do 7º ano normalmente.

Para as médias do 8º ano, o candidato deverá comparecer à secretaria da escola e solicitar suas MÉDIAS PARCIAIS.

 
Concluí meu ensino fundamental e/ou médio em supletivo/EJA/ENEM/ENCCEJA. Então só tenho uma média por disciplina. Como inserir minhas médias no ato da inscrição?
Basta repetir as médias no formulário de inscrição sem qualquer prejuízo no processo de seleção.
  
No processo seletivo, me inscrevi em um grupo de cotas. Poderei concorrer também na Ampla Concorrência?
Não.
Ao se inscrever e optar por um dos tipos de reservas de vagas, o candidato concorda que concorrerá somente para aquela vaga e NÃO será classificado em nenhuma outra opção de vaga, mesmo que sua NOTA FINAL seja superior ao limite de aprovação daquela opção.
 
Fiz minha inscrição para cotas, mas não quero mais. Posso trocar de grupo de vagas?
Dentro do período de inscrições, basta efetuar e confirmar uma nova inscrição. Caso o período de inscrições tenha acabado, não é possível trocar o grupo de vagas.
 
Inseri no Formulário de Inscrição meu nome completo, mas no resultado final apareceu outro nome. O que pode ter acontecido?
Alguns candidatos confundem o Nome Social com seu apelido. O nome social não é o apelido ou o nome artístico do candidato, mas sim o nome pelo qual travestis e transexuais se identificam na sociedade conforme Decreto n° 8.727, de 28 de abril de 2016.
Quando o Nome Social é inserido, o sistema o utiliza na geração dos Resultados.
 
Como o sistema do IFAM calcula a Nota Final nos processos seletivos para a forma integrada ou modalidade EJA?
A NOTA FINAL (NF) do candidato será a média aritmética das médias das disciplinas requeridas neste Processo Seletivo: Língua Portuguesa, Matemática e Ciências do 7º (sétimo) e 8º (oitavo) anos do Ensino Fundamental.
O cálculo da Nota Final (NF) será realizado pelo sistema do IFAM. Para o cálculo da NOTA FINAL para classificação dos candidatos, o sistema do IFAM:
I somará todas as médias solicitadas no Formulário de Inscrição;
II dividirá o valor resultante da soma, obrigatoriamente, por 6 (seis).
O sistema do IFAM realizará a divisão por 6 (seis) independentemente da quantidade de médias inseridas pelo candidato no Formulário de Inscrição.
 
Como o sistema do IFAM calcula a Nota Final nos processos seletivos para a forma subsequente?
A NOTA FINAL (NF) do candidato será a média aritmética das médias das disciplinas requeridas neste Processo Seletivo: Língua Portuguesa, Matemática, Física, Química e Biologia do 1º (primeiro) e 2º (segundo) anos do Ensino Médio, considerando-se os pesos previstos em edital.
O cálculo da Nota Final (NF) será realizado pelo sistema do IFAM. Para o cálculo da NOTA FINAL para classificação dos candidatos, o sistema do IFAM:
I somará todas as médias solicitadas no Formulário de Inscrição, duplicando aquelas que possuem peso 2 (dois);
II dividirá o valor resultante da soma, obrigatoriamente, por 14 (catorze).
O sistema do IFAM realizará a divisão por 14 (catorze) independentemente da quantidade de médias inseridas pelo candidato no Formulário de Inscrição.
 
Como o sistema do IFAM calcula a Nota Final do ENEM?
Média aritmética simples das notas do candidato. Soma-se as 5 (cinco) notas individuais, em seguida divide-se por 5 (cinco).

 VOLTAR AO TOPO

APÓS A CLASSIFICAÇÃO

Qual documentação é necessária para a matrícula?
Para realizar a matrícula, o candidato convocado deverá apresentar os seguintes documentos obrigatoriamente:
 

  • Formulário de Matrícula fornecido pelo campus no ato da matrícula, devidamente preenchido e assinado pelo discente e por seu representante legal, em caso de menor de idade;
  • Questionário Socioeconômico fornecido pelo campus no ato da matrícula, devidamente preenchido e assinado pelo discente e por seu representante legal, em caso de menor de idade;
  • Termo de Ciência do Prazo de Integralização do Curso fornecido pelo campus no ato da matrícula;
  • Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou equivalente (original e cópia);
  • Na impossibilidade de apresentação do Certificado de Conclusão de Curso no ato da matrícula, ver itens 14.9 deste edital.
  • Histórico Escolar do Ensino Médio ou equivalente (original e cópia);
  • Na impossibilidade de apresentação do Histórico Escolar no ato da matrícula, ver itens 14.9 deste edital.
  • Certidão de Nascimento ou Casamento (original e cópia);
  • Carteira de Identidade ou Registro Geral (RG) (original e cópia);
  • CPF (original e cópia);
  • Comprovante de residência com CEP atualizado (original e cópia);
  • Comprovante de dispensa ou de cumprimento do Serviço Militar (certificado de reservista) - apenas para sexo masculino, quando maior de 18 anos (original e cópia);
  • Título de Eleitor (documento opcional para maiores de 16 anos de idade) (original e cópia);
  • 02 (duas) fotografias 3X4, recentes e de frente;
  • Registro Nacional de Estrangeiro (apenas para candidatos estrangeiros);
  • Passaporte com visto de estudante (apenas para candidatos estrangeiros).

 
Candidatos convocados para matrícula oriundos de instituições estrangeiras deverão apresentar a tradução oficial ou adequação vocabular para o português de todos os documentos comprobatórios, os quais deverão ser devidamente autenticados pela autoridade consular brasileira, no país de origem.
 

Sou menor de idade. Posso fazer minha matrícula sozinho?
Não.
A matrícula de menores de idade deverá ser realizada pelo representante legal.
 
Outra pessoa pode fazer a matrícula por mim?
Sim.
Quando a matrícula for realizada por meio de PROCURAÇÃO, deverá ser apresentado, além dos documentos exigidos nos itens anteriores deste tópico, os demais:
I – original e cópia do documento de identidade do procurador; e
II – original e cópia da Procuração, que ficará anexa ao processo de matrícula.
 
Perdi o prazo de matrículas determinado na Chamada. Ainda poderei fazê-la?
Toda Chamada para matrícula tem um determinado período estipulado por cada Campus, após a data é gerada uma outra lista na vaga dos que não realizaram a matrícula.
 
Estou na Lista de Espera. Há chances de eu ser chamado?
A chamada de lista de espera dependerá da disponibilidade de vagas nos campi e da classificação dos candidatos.
 
 
Fui convocado para aferição de autodeclaração, mas não compareci dentro do prazo estabelecido. Perdi minha vaga?
Sim.
Conforme Edital, aqueles que foram convocados e não compareceram serão desclassificados.
 
 Fiz minha matrícula no IFAM, mas não poderei continuar no Instituto. O que fazer?
Recomendamos o comparecimento ao campus onde realizou a matrícula, no setor de Registro Acadêmico ou Matrículas para formalizar o cancelamento da matrícula.
 
Posso fazer mais de um curso no IFAM?
Será permitida a matricula em até 02 (dois) cursos de níveis distintos no IFAM, desde que não haja conflito de turno na oferta dos cursos.

VOLTAR AO TOPO

APÓS A MATRÍCULA

 Se eu faltar nos 10 (dez) primeiros dias de aula sem justificativa, o que acontecerá?

O candidato convocado neste processo seletivo e matriculado que não comparecer às aulas nos primeiros 10 (dez) dias letivos ininterruptos, do ano letivo corrente, sem prévia justificativa, perderá automaticamente a sua vaga no curso, atribuindo ao IFAM deliberar pelo preenchimento da vaga mediante a convocação dos próximos candidatos em lista de espera.
 
Alunos do IFAM têm oportunidades internacionais?
Sim.
O Programa de Bolsas IFAM Internacional será desenvolvido a partir do lançamento de edital da Assessoria de Relações Internacionais do IFAM com publicação e seleção no primeiro semestre de cada ano e envio dos discentes selecionados às instituições de ensino estrangeiras no semestre seguinte. Caso haja uma demanda imediata, será lançado um novo edital com seleção e envio dos discentes dentro do mesmo semestre.
Mais informações em: (92) 3306-0004
http://www2.ifam.edu.br/instituicao/assessoria-internacional/mobilidade-academica
 
Eu estudo em Instituto Federal de outro estado, mas precisarei me mudar para o Amazonas. Posso transferir minha matrícula?
Sim.
Para isso, é necessário apresentar a Transferência Expedida por  outro campus do IFAM ou Instituição de Ensino correlatas no âmbito de curso idêntico ou equivalente, com aceitação facultativa ou obrigatória (ex officio).
 
Existe algum auxílio referente à transporte, alimentação ou moradia para estudantes do IFAM?
Não existe auxílio. Mas temos o Programa Socioassistencial Estudantil, que dispõe de ações voltadas para o suprimento básico das necessidades socioeconômicas dos estudantes em vulnerabilidade social, sendo operacionalizado pela concessão de benefício nas modalidades básico e complementar.
O benefício básico composto pelos seguintes benefícios:
I-Benefício de Alimentação;
II-Benefício de Transporte;
III-Benefício de Moradia;
IV-Benefício de Alojamento;
V-Benefício Creche;
VI-Benefício Material Didático-Pedagógico e Escolar;
 
O benefício complementar composto pelo:
Benefício de Emergencial;
 
Mais informações: (92) 3306-0056
 
Como fazer meu cadastro na Biblioteca?
O cadastramento é gratuito. Basta apresentar documento de identificação com foto.

 VOLTAR AO TOPO

LEIS E DOCUMENTOS NORMATIVOS

Acesse a Organização Didático-Acadêmica do IFAM:
RESOLUÇÃO Nº. 94 - CONSUP/IFAM, de 23 de dezembro de 2015.*
RESOLUÇÃO Nº 63-CONSUP/IFAM, 24 de novembro de 2017.
 
Acesse outros documentos do IFAM:
DOCUMENTOS E FORMULÁRIOS RELATIVOS À BIBLIOTECA DO IFAM 
GUIA DO DISCENTE 2017 
 
Acesse os Catálogos de Cursos Técnicos e Tecnológicos:
Cursos Técnicos
Cursos Superiores de Tecnologia
 
Acesse as Leis e Portarias norteadores das Reservas de Vagas (Cotas):
LEI Nº 12.711, DE 29 DE AGOSTO DE 2012. - Dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio e dá outras providências.
LEI Nº 13.409, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2016. - Altera a Lei no 12.711, de 29 de agosto de 2012, para dispor sobre a reserva de vagas para pessoas com deficiência nos cursos técnico de nível médio e superior das instituições federais de ensino.

DECRETO Nº 7.824, DE 11 DE OUTUBRO DE 2012 - Regulamenta a Lei no 12.711, de 29 de agosto de 2012, que dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio.

DECRETO Nº 9.034, DE 20 DE ABRIL DE 2017 - Altera o Decreto nº 7.824, de 11 de outubro de 2012, que regulamenta a Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012, que dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio.

PORTARIA NORMATIVA Nº 18, DE 11 DE OUTUBRO DE 2012 - Dispõe sobre a implementação das reservas de vagas em instituições federais de ensino de que tratam a Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012, e o Decreto nº 7.824, de 11 de outubro de 2012.

PORTARIA Nº 1.117, DE 1º DE NOVEMBRO DE 2018 - Altera a Portaria Normativa MEC nº 18, de 11 de outubro de 2012, e a Portaria Normativa MEC nº 21, de 5 de novembro de 2012.

VOLTAR AO TOPO

DÚVIDAS?

cpsai.selecao@ifam.edu.br

(92) 3306-0026



VOLTAR AO TOPO