Você está aqui: Página Inicial > Noticias > Alfabetizar plenamente até os 8 anos é meta do PNAIC

Notícias

Alfabetizar plenamente até os 8 anos é meta do PNAIC

Meta do Governo Federal é que todas as crianças brasileiras de até 8 anos estejam alfabetizadas plenamente
por Ana Paula Batista publicado: 13/12/2016 14h34 última modificação: 13/12/2016 14h37

O Governo Federal tem um grande desafio pela frente: alfabetizar plenamente todas as crianças brasileiras até os 8 anos de idade por meio do Programa Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). Na manhã desta terça-feira, 13, coordenadores do PNAIC no Amazonas estiveram realizando oficialmente a abertura do Programa, no IFAM campus Manaus Centro. As instituições parceiras do pacto no Amazonas são: Ministério da Educação (MEC), IFAM, UEA, SEDUC e UNDIME.

A cerimônia de abertura foi transmitida ao vivo pela IPTV da UEA para 56 municípios do Amazonas e teve a participação do Trio de Música de Câmara do IFAM com os músicos Alexandre Ludvig, Aurélio Ludvig e Jeane Colares que apresentaram duas músicas clássicas da música popular brasileira.

O reitor do IFAM, Antonio Venâncio Castelo Branco, destacou o poder transformador que a educação proporciona em uma sociedade e exemplificou como o IFAM tem apoiado a educação básica em seu sistema de ingresso.

"Estamos vivenciando um momento ímpar hoje. Sabemos os desafios da alfabetização e precisamos pensar em conjunto, quais são as soluções mais criativas para sanar as dificuldades de aprendizagem pelo qual algumas crianças enfrentam. Esse ano, o IFAM mudou radicalmente o Processo Seletivo para entrada de novos alunos. O que antes era feito de forma pontual, por meio de uma prova, hoje já busca avaliar o desempenho daquele aluno durante as séries do ensino fundamental", disse ele. 

"Negar a educação é negar a dignidade", afirmou o pró-reitor de graduação da UEALuciano Balbino, em sua fala na cerimônia de abertura. Segundo ele, o Brasil carrega uma dúvida histórica com a educação a ponto de ter que estabelecer um pacto para a recuperação deste direito.

Segundo a Subsecretária de Gestão Educacional da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), Euzeni Araújo Trajano, o momento é propício para que as instituições parceiras possam unir forças e garantir que as crianças sejam alfabetizadas na idade, observando as dificuldades de aprendizagem de cada uma.

Só no Amazonas, mais de mil professores já foram capacitados e o pacto já beneficiou diretamente 60 mil estudantes. No IFAM, o PNAIC será coordenado pela pedagoga Evellyze Martins. Para ela são as crianças que proporcionam a mudança. "Vamos aprender, desenvolver e trabalhar para que as metas definidas pelo PNAIC sejam alcançadas", ressaltou.

 

registrado em: