Você está aqui: Página Inicial > CAMPUS > Campus Manaus Centro > Notícias > Simpósio em Ensino Tecnológico 2017 - SETA

Notícias

Simpósio em Ensino Tecnológico 2017 - SETA

Evento será realizado nos dias 28 e 29 de setembro, em Manaus e visa discutir a formação de professores. Os palestrantes serão Anna Penido e Evandro Ghedin.
por publicado: 20/06/2017 13h15 última modificação: 20/06/2017 13h15
Quais os desafios, tendências e articulações para a formação de professores no ensino tecnológico? É a partir desse olhar que diversas discussões e contribuições serão geradas durante o Simpósio em Ensino Tecnológico (SETA 2017). O evento é promovido pelo Curso de Mestrado Profissional em Ensino Tecnológico (MPET) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM), e busca reunir pesquisadores, professores da educação básica, técnica e tecnológica, assim como estudantes de graduação e pós-graduação.
 
Em sua terceira edição, o SETA será realizado nos dias 28 e 29 de setembro, no IFAM - Campus Manaus Centro, localizado na Av. Sete de Setembro, 1975 – Centro. A programação prevê diversas atividades, incluindo palestras, oficinas, painéis e apresentação de artigos. Duas palestras principais estão confirmadas: no primeiro dia (28), com o professor e filósofo Evandro Ghedin, doutor em Educação pela Universidade de São Paulo e importante pesquisador nas áreas de Ciências Humanas e Educação; no dia 29 Anna Penido traz suas contribuições, ela que é diretora executiva do Instituto Inspirare, jornalista formada pela UFBA, com especialização em Direitos Humanos pela Universidade de Columbia e em Gestão Social para o Desenvolvimento pela UFBA.
 
As inscrições para participar do SETA 2017 podem ser realizadas até o dia 11 de setembro de 2017. O participante deverá preencher um formulário de inscrição (disponível no site do evento) e pagar uma taxa no valor de R$ 20,00, via depósito ou transferência bancária. A programação completa e mais informações sobre o Simpósio podem ser encontradas no site www.ifam.edu.br/mpet/seta/.
 
A inscrição para o SETA 2017 é pessoal e intransferível, e dá direito a assistir às palestras e participar das oficinas. Para aqueles que tiverem trabalhos aceitos no evento, pelo menos um dos autores deverá estar, obrigatoriamente, inscrito.
 
Importante destacar que a certificação de participação no evento e oficinas, e de apresentação de trabalhos será feita de forma digital, disponibilizada através de um link enviado para o e-mail do participante. Dúvidas e maiores informações podem ser obtidas pelo e-mail: inscricaoseta@gmail.com
 
Submissão de Trabalhos: Inscrições até 26 de junho
 
O SETA tem como objetivos: divulgar a pesquisa científica e tecnológica; promover a integração científica e tecnológica entre os diferentes grupos de pesquisa; e divulgar relatos de experiências da educação básica, técnica e tecnológica. Alinhado a esses propósitos, o evento recebe, até 26 de junho, trabalhos para apresentação, nas modalidades artigo completo e relato de experiência.
 
A submissão é feita exclusivamente através do site do evento, na aba “Submissão de Trabalho”, com quatro eixos temáticos disponíveis: Formação de Professores, Recursos Pedagógicos, Ciência, Tecnologia e Sociedade, e Educação Inclusiva e Ensino. Cada trabalho poderá conter até seis autores. Caso possua mais de um autor, os mesmos deverão ser incluídos no processo de submissão realizado pelo autor principal. O cronograma completo e normas para submissão podem ser acessadas no site.
 
Oficinas e Sessão Interativa
As inscrições já podem ser realizadas e as vagas são limitadas. CLIQUE AQUI
 
Oficina 1: Realidade Virtual Aplicada ao Ensino
Projeção do real no ambiente virtual utilizando óculos de realidade virtual e imagens em 360º, com aplicações no ensino.
 
Oficina 2: Stop Motion e Aplicações na Educação
Produção de vídeos animados a partir de uma sequência de fotografias, com aplicações no ensino e aprendizagem.
 
Oficina 3: Programação com o Scratch para aprender Matemática
Experimentação da linguagem de programação Scratch alinhada ao ensino da Matemática.
 
Sessão Interativa: Minha História na Escola
Socialização e discussão sobre a trajetória escolar de pessoas com deficiência.

Palestrantes
 
Evandro Ghedin:  Possui graduação em Licenciatura em Filosofia pela Universidade Católica de Brasília (1995), graduação em Bacharelado em Filosofia pelo Centro de Estudos de Comportamento Humano (1992), especialização em Antropologia na Amazônia pela Universidade Federal do Amazonas (1997), especialização em Filosofia e Existência pela Universidade Católica de Brasília (1999), mestrado em Educação pela Universidade Federal do Amazonas (2000), doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (2004), pós-doutorado pela Universidade de São Paulo (2010), ensino-fundamental-primeiro-grau pelo Colégio Estadual Mário de Andrade (1984), ensino-médio-segundo-grau pelo Projeto Logos II (1991) e aperfeiçoamento em Teologia pelo Instituto Teológico de Santa Catarina (1994). Atualmente é Membro de corpo editorial da Ciências & Cognição, Membro de corpo editorial do Educação e Pesquisa (USP), Membro de corpo editorial da Em Aberto, Membro de corpo editorial da Cadernos de Educação (UFPel), Professor Pesquisador da REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Professor Permanente do PPGECEM da REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática e Adjunto da Universidade Federal do Amazonas. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação em Ciências. Atuando principalmente nos seguintes temas: Filosofia da Educação, Epistemologia, Ensino de Filosofia, Didática, Filosofia no Ensino Médio e Metodologia do Ensino de Filosofia.
 
Anna Penido: Jornalista formada pela Universidade Federal da Bahia (UFBa), com especialização em Direitos Humanos pela Universidade de Columbia (Nova York) e em Gestão Social para o Desenvolvimento pela UFBa. Em 2011, participou do programa Advanced Leadership Initiative da Universidade de Harvard, que forma líderes para o desenvolvimento de iniciativas sociais de alto impacto. Como repórter, trabalhou no jornal Correio da Bahia e realizou reportagens para as revistas Veja Bahia e Vogue, entre outras. Atuando na área social desde 1989, integrou as equipes da Fundação Odebrecht e do Liceu de Artes e Ofícios da Bahia. De 1999 a 2007, fundou e dirigiu a CIPÓ – Comunicação Interativa, passando, desde então, a integrar seu Conselho Diretivo. De 2007 a 2010, coordenou o escritório do UNICEF para os Estados de São Paulo e Minas Gerais, tendo contribuído com a criação e implantação da Plataforma dos Centros Urbanos. Como reconhecimento pelo seu trabalho, Anna Penido tornou-se fellow da Ashoka Empreendedores Sociais em 2001 e líder Avina em 2002. Também foi diplomada como Líder Social pela Gazeta Mercantil, Instituto Ethos e Ashoka em 2003 e foi finalista do Prêmio Cláudia em 2005. Atualmente, é diretora executiva do Inspirare, que busca inspirar políticas, programas e investimentos que ampliem a qualidade da educação no Brasil.